Asa Delta

Asa Delta

REGRAS

Asa delta é uma modalidade de voo livre, é todo o voo impulsionado por agentes naturais, ou seja, pela força da gravidade. A asa delta início numa encosta ou falésia, assegurando a sustentação assim que se ganha velocidade, após se ter descolado com uma rápida corrida no solo. 

O voo de instrução é onde duas pessoas voam em um mesmo equipamento, projetado especialmente para suportar com total segurança instrutor e aluno, que pode ser qualquer pessoa com peso máximo de 120 kg, com idade a partir de 16 anos. O treinamento para aprender a voar de asa delta consiste em executar repetidos exercícios que visam o condicionamento dos reflexos. O aluno aprende a segurar a asa e correr com ela em um terreno plano usando a asa como freio aerodinâmico na hora de parar a corrida.

Posteriormente, em um barranco levemente inclinado e com uns 25 a 30 metros de altura, o aluno repete este exercício na parte mais baixa. É aí que ele vai dar os primeiros voos. Na medida em que evolui, vai progressivamente subindo o barranco, até que esteja decolando da parte mais alta.

Concluída esta etapa, o aluno realizará o chamado voo intermediário, em um morro com cerca de 100 m de altura. É lá que ele aprende a executar curvas de 90º para a direita e para a esquerda. É nesta etapa que ele treina os procedimentos de emergência, como simular o lançamento do paraquedas e depois de muitos voos no morro intermediário, é que ele parte para os voos mais altos que são realizados em uma montanha com mais de 400 m de altura.

HISTÓRIA

A história mais antiga sobre um voo planado pode ser encontrada na mitologia grega. Para fugir do labirinto onde estavam presos, Ícaro e seu pai Dédalo constroem asas artificiais com cera de abelha e penas de gaivotas. Ícaro, apesar de ter sido alertado por seu pai sobre voar próximo ao Sol, tomado pela sensação de liberdade, voou muito alto e o calor do Sol derreteu a cera de suas asas causando sua queda no mar Egeu.

Durante muito tempo, o domínio dos ares foi considerado uma dádiva divina, da qual somente os deuses e alguns animais poderiam desfrutar. Até que este anseio começou a se materializar na forma de estudos embasados por conhecimento científico que rumavam em direção à concretização do sonho de voar.

Em 1849, Cayley constrói um planador que é voado por um menino de 10 anos de idade. Este teria sido o primeiro voo humano já registrado. Em 1953, um empregado de Cayley torna-se o primeiro adulto a fazer um voo planado. Uma réplica deste equipamento foi feita em 1973 para um programa de TV. O piloto corajoso desta vez foi Derek Piggott. 

Já em 1948, o americano Francis Rogallo, que trabalhava na NACA (National Advisory Committee for Aeronautics), agência que antecedeu a NASA, criou e patenteou uma asa flexível sendo o equipamento precursor da asa delta e do parapente. Nesta época, a Nasa estava buscando uma forma de reintroduzir suas cápsulas espaciais na atmosfera através de um paraquedas direcionável.

A invenção de Rogallo deu origem ao projeto denominado PARASEV (Paraglider Rescue Vehicle). No Centro de Investigação Langley, na Virgínia, Rogallo estuda a estrutura metálica das asas flexíveis, que nesta época ficavam apoiadas em um triciclo, que era rebocado por um avião. Uma vez em vôo, desconectava e seguia o voo planando até o solo.

O voo livre como conhecemos hoje, teve início na Austrália e seu precursor foi o engenheiro e inventor John Dickenson. John havia lido sobre a invenção de Rogallo e, inspirado, construiu a asa delta moderna em 1963, abrindo as portas para um novo esporte. Porém, o primeiro desenho de uma asa delta como conhecemos atualmente se deve a Al Hartig, em 1966. No início as decolagens eram feitas com skis na água. Em 1969, Bill Moyes fez a primeira decolagem de uma montanha. No mesmo ano, Bill fez um voo de lift em uma montanha.

Em 1974 o vôo livre chega ao Brasil através do francês Stephan Dunoyer que realizou a primeira decolagem no Cristo Redetor e também realizou vários vôos em diversar cidades do Brasil. O primeiro brasileiro a voar foi o carioca Luis Claudio Mattos. O primeiro brasileiro a conquistar um campeonato mundial foi Pedro Paulo Lopes, o Pepê, em 1981, no Japão.

Fonte:

Confederação Brasileira de Voo Livre (abvl.bet)

Asa Delta Brasil (asadeltabrasil.com.br)

Fotos Recentes

Vídeos Recentes


Receba novidades