Basquete

Basquete

REGRAS

O jogo de basquete é disputado entre dois times com cinco jogadores cada e 7 reservas com o objetivo é acertar a bola na cesta do adversário e não há limites de substituições. A quadra deve ter 28 metros de comprimento por 15 metros de largura e deve ser limitada por uma linha branca de 5 centímetros perfeitamente visível. Esta linha não faz parte da quadra.

Cada partida tem duração de 40 minutos, sendo dividida em quatro tempos de dez minutos. Em caso de empate, é jogada uma prorrogação de cinco minutos. O aro tem 3,5 m de altura e até 45,9 cm de diâmetro. O cronômetro é parado sempre que a bola não este em jogo por exemplo, quando a bola sai da quadra ou quando é cometida uma falta. Não há empate e a partida sempre vai para a prorrogação de 5 minutos em caso de empate

Pontuação - Um cesto é válido quando a bola entra pelo aro, por cima. Um cesto de campo vale 2 pontos, a não ser que o arremesso tenha sido conseguido para além da linha dos 3 pontos, situada a 6,75 m (valendo, portanto, 3 pontos) e o lance livre vale apenas um ponto e fica a 5,8 m de distância da cesta.

É permitido a um jogador cometer no máximo cinco faltas e quem ultrapassar esse limite é eliminado da partida. O jogador que sofrer a falta, deve fazer 2 lances livres.

Quando um jogador é marcado, ele só pode manter a posse de bola por, no máximo, cinco segundos.

Regra dos 3 segundos - Um jogador não pode permanecer mais de 3 segundos dentro do garrafão, enquanto a sua equipe estiver na posse da bola.

Regra dos 5 segundos - Um jogador que está sendo marcado não pode ter a bola em sua posse sem driblar por mais de 5 segundos.

Regra dos 8 segundos - Quando uma equipe ganha a posse da bola na sua zona de defesa, deve, dentro de 8 segundos, fazer com que a bola chegue à zona de ataque.

Regra dos 24 segundos - Quando uma equipe está de posse da bola, tem até 24 segundos para lançar no cesto do adversário.

POSIÇÃO DOS JOGADORES

Armador - Planeja as jogadas e geralmente começa com a bola. Habitualmente é o jogador com melhor passe e controle de bola do seu time, possui uma boa visão de jogo para distribuir passes e achar seus companheiros de time livres em posições de fácil finalização.

Ala armador/ lançador – Ágil para fazer lançamentos certeiros e altos. Sua especialidade são os arremessos, conseguindo arremessar em qualquer local da quadra, sobretudo na linha de 3 pontos.

Lateral/Ala – O Lateral normalmente é o jogador mais completo do time. Costuma armar jogadas, faz bons arremessos, se infiltra no garrafão, faz rebotes, faz muitos lançamentos livres. Dentro dessas características, o lateral transita por todas as vertentes inerentes a um jogador de basquete.

Ala pivô - Na maioria das vezes, possui grande porte físico. São os mais altos e mais fortes e tem como missão fazer rebotes e ajudar na defesa com “tocos”. Costumam fazer muitas enterradas e bandeja.

Pivô – O pivô é o jogador que atua mais próximo à cesta, tanto na defesa, quanto no ataque. Sua principal função é brigar pela posição onde possa receber (ataque) ou impedir (defesa) o passe. Faz bons arremessos de média e longa distância, e lutar pelos rebotes é uma obrigação dos pivôs. Na grande maioria das vezes é o atleta mais alto da equipe. Sua área de atuação é o garrafão.

GLOSSÁRIO

Assistência – é um passe que resulta em arremesso diretamente para a cesta.

Rebote – recuperação da bola após um arremesso não convertido.

Toco - bloqueio brusco ao movimento da bola que foi ou está sendo arremessada à cesta por um adversário

Garrafão - área pintada próxima à cesta

Bandeja – arremesso que o jogador use aproxima da cesta e usa a tabela para colocar a bola na cesta

HISTÓRIA

O basquete é um exemplo perfeito da capacidade de adaptação e da criatividade dos seres humanos. Foi graças a um professor de educação física canadense que a modalidade nasceu, em 1891. A pedido do diretor da Springfield College, em Massachussets (EUA), James Naismith teve a missão de inventar um esporte que pudesse ser praticado em ginásios fechados, já que o inverno impedia os alunos de jogar ao ar livre.

Com duas cestas de frutas pregadas a 3,05 m de altura, Naismith esboçou as primeiras regras do basquete, que perseverou e hoje é uma das principais atividades esportivas dos Estados Unidos e do mundo. Como toda novidade, o basquete começou com grandes dificuldades. A cesta, por exemplo, não era aberta no fundo. Assim, cada vez que os jogadores conseguiam acertar a bola lá dentro, era preciso subir para retirá-la.

Com o sucesso da modalidade, a primeira partida oficial não demorou a ser realizada. Em 11 de março de 1892, os alunos da Springfield College venceram os professores por 5 x 1. Desde então, o basquete não parou de evoluir. Naquele mesmo ano, foram desenhados os primeiros aros e, em 1895, surgiram as tabelas.

Pode-se dizer que a modalidade teve uma ascensão meteórica, pois em 1904, nos Jogos Olímpicos de St. Louis, o basquete apareceu como esporte de exibição. A entrada definitiva na competição veio em 1936, nas Olimpíadas de Berlim. Naquele ano, o próprio James Naismith jogou a bola ao alto pela primeira vez, marcando a entrada oficial do esporte nos Jogos.

Fonte:

Rio 2016 (rio2016.com)

Brasil 2016 (brasil2016.gov.br)

Comitê Olímpico Brasileiro (cob.gov.br)

Confederação Brasileira de Basketball (cbb.com.br)

Fotos Recentes

Vídeos Recentes


Receba novidades