Escalada

Escalada

REGRAS

É uma técnica esportiva cujo objetivo é atingir o cume de uma montanha, parede rochosa ou de um muro de escalada. Montanhismo é o ato de subir uma montanha, seja por a pé através de trilha, seja por escalada. Portanto, todo escalador é um montanhista, pois sobe uma montanha através da escalada.

EQUIPAMENTOS

Arnês ou baudrier - espécie de cinto muito resistente que amarra o corpo do escalador à corda. É um tipo de acessório que garante a máxima proteção em qualquer tipo de ascensão e também em caso de queda. A sua utilização impede o aparecimento de lesões ou pressões irregulares do corpo e é por isso que deve ser colocado de uma forma justa e uniforme ao corpo.

Capacete de escalada - um dos acessórios mais importantes na prática desta modalidade, pois a sua utilização poderá ser suficiente para salvar a vida de um escalador em caso de queda ou de acidente. A sua utilização nunca deve ser descurada e todos os escaladores devem ter a consciência que o seu uso é uma obrigação.

Pés de gato - são tênis específicos que são utilizados na escalada. Estes devem ser firmes e ajustáveis aos pés dos praticantes para que seja possível uma maior aderência e progressão na escalada. Ao ascender a uma determinada superfície é fundamental que os pés estejam bem assentes no chão e com umas botas ou tênis normais não se conseguiria escalar corretamente.

Saco com magnésio - acessório muito importante numa escalada e pode determinar o sucesso de uma ascensão. Com o calor e o transpirar das mãos, estas se tornam escorregadias, fazendo com que o recurso ao magnésio seja a melhor forma de diminuir a umidade, sem efetuar qualquer tipo de paragem. Por outro lado, a utilização do magnésio facilita o apoiar das mãos e o amarrar de um determinado objeto, o que possibilita uma elevação do corpo mais fácil.

Mosquetão - peça metálica em forma de aro com um troço de abertura em mola para a fixação e fecho. Um mosquetão de segurança tem sempre um dispositivo rosqueado que impede que o próprio mosquetão se abra repentinamente.

Cordas dinâmicas – a corda é o principal elemento de segurança na escalada e serve para, em conjunto com o baudrier, travar uma eventual queda do escalador e impedir que o corpo não sofra esticões que provoquem lesões na coluna e absorvem melhor o impacto numa possível queda. Atualmente, as cordas são fabricadas com fibras sintéticas que permitem uma maior resistência e uma maior facilidade de execução de nós. Na compra de uma corda dinâmica, deve verificar sempre se esta é homologada pela Federação Internacional de Montanhismo e Escalada (UIAA).

Fitas e cordeletes - indicadores que são utilizados para estabelecer pontos de segurança à medida que o escalador ascende uma determinada superfície, proporcionando pontos seguros a várias alturas, evitando assim as quedas.

Oito ou ATC - é uma peça metálica com o formato de um oito que é utilizado para fazer rapel e dar segurança. A utilização deste dispositivo serve para provocar atrito na corda e, para ser utilizado corretamente, são necessárias muitas horas de treino e de prática.

Fita Express - é uma fita com cerca de 10 a 20 centímetros feita de um material muito resistente à tração e apresenta mosquetões nas pontas. Uma das extremidades da fita express é presa à rocha e na outra ponta pendura-se a corda à qual o escalador está amarrado. No entanto, a utilização da fita express necessita de ensinamentos práticos para ser utilizada com a máxima segurança e isso só é possível com a prática de escalada.

TIPOS DE ESCALADA

Gelo - consiste em subir uma cascata ou montanha de gelo e são necessários equipamentos específicos como crampons que é uma peça formada por um conjunto de pontas frontais presos à sola da bota do escalador para ajudando na fixação e progressão da escalada. Bem como necessário uso de piolet de tração em cada mão. Pioelt é uma espécie de “marreta” pontiaguda usado para fixar na geleira a cada progressão da escalada.

Bouldering (Boulder) - é uma prática moderna, a pessoa faz um trabalho de poucos movimentos, mas de muita força em pequenos blocos de pedras. Enquanto que outras modalidades são de chegar ao cume/topo, no boulder, o que importa é a força física de explosão em detrimento da resistência física. De modo geral, os problemas de bloco envolvem poucos passos. É comum o recurso a crashpads (colchão para queda) para minimização dos efeitos de uma possível queda do escalador.

Esportiva - são geralmente realizadas em falésias (blocos de pedra menores) ou em rochas. A característica principal é ser de via curta com uma altura considerável, onde é privilegiada a resistência física do atleta. A intenção da escalada não é chegar no cume/topo e sim a técnica e a habilidade física necessária. Exige muita força necessário uso de vários equipamentos de segurança, como mosquetões, "costuras", arnês, gri gri, cujo objetivo é assegurar a integridade física do escalador em caso de queda.

Escalada móvel - existem escaladas conhecidas como móveis, pela não existência de pontos fixos de segurança colocados na parede (grampos), mas a escalada móvel é o escalador criar os seus próprios pontos de segurança com recursos de materiais especiais: camalot, nuts, etc.

Solo - escalada solo é quando o escalador não usa nenhum tipo de segurança, como por exemplo ficar preso a uma corda.

Tradicional - caracteriza-se pelo fato de as paredes estarem equipadas com pontos de segurança já fixados com grampos, que podem ter uma distância entre si mais de 1 metro até distâncias superiores a 15 metros (“grau de exposição”), determinadas pelo conquistador da via, e que não deve ser alterada sem o consentimento do mesmo por questões de ética.

Os equipamentos básicos utilizados na prática do esporte são: cordas, sapatilha para escalada e capacete. As cordas têm a função de proporcionar segurança ao praticante e as sapatilhas equilíbrio.

HISTÓRIA 

O surgimento da escalada se deu nos anos 70, com a ideia de um ucraniano. Durante um rigoroso inverno, esse pendurava pedras em sua parede para realizar seus treinos. A ideia logo se propagou entre os escaladores locais, aparecendo então a escalada esportiva.

O primeiro campeonato mundial ocorreu na Itália no ano de 1985, tendo como obstáculo uma parede natural. Enquanto que no Brasil, a escalada começou a ser praticada no final da década de 80.

Fonte:

EFdeportes (efdeportes.com)

Bússolas (bussolas.com)

Wikipedia (wikipedia.org)

Mundo Educação (mundoeducacao.bol.uol.com.br) 
 

Fotos Recentes

Vídeos Recentes


Receba novidades