Rugby

Rugby

REGRAS

É um esporte coletivo de intenso contato físico cujo objetivo é marcar o maior numero de pontos. Originado na Inglaterra e, por ter sido, inicialmente, concebido como uma variação do futebol foi chamado anteriormente de "rugby football". Ao longo do tempo, variações do esporte surgiram e a mais praticada é o rugby union, de quinze atletas, o rugby league, de 13 atletas, e o rugby sevens, de sete atletas que é a modalidade olímpica.

O primeiro conceito que se deve aprender no rugby é o da linha imaginária da bola, é ela quem separa os dois times nos seus lados no campo. Se algum jogador do time estiver à frente da linha da bola (ou seja, no lado do adversário), ele é, na maioria das vezes, considerado fora de jogo e qualquer passe irregular para ele será considerado penalidade. Por essa razão, o jogador que está portando a bola é quem deve avançar para o ataque.

Só é possível passar a bola com as mãos para o lado ou para trás, e nunca para frente da linha da bola. Os jogadores podem chutar a bola a qualquer momento desde que, se um jogador chutar a bola em direção ao ataque, apenas os companheiros de equipe que estavam atrás dele no momento do chute podem ser os primeiros a tocar a bola.

A bola de rugby tem formato oval, de couro ou de material sintético apropriado. Ela pode ser tratada de modo a torná-la resistente à água e facilitar a aderência. Seu comprimento varia de 28 cm a 30 cm, com uma circunferência total de 74 cm a 77 cm e pesa entre 410 e 460 gramas. Bolas menores podem ser utilizadas para jogadores mais novos.

O campo é de formato retangular, tem comprimento máximo de 144 metros e largura máxima de 70 metros. É dividido pela linha do meio de campo que separa os dois lados e dividido em 2 regiões da linha de gol ( touch in goal) entre 10 e 22 metros de comprimento.  O campo normalmente é de grama natural, mas também pode ser areia, barro, neve ou grama artificial, não sendo permitido jogar em uma superfície dura como concreto ou asfalto.

O pontapé inicial ou no reinício da partida, é dado no meio de campo é chamodo de kickoff.

O tackle é feito agarrando o jogador adversário que está portando a bola e derrubá-lo no chão para que se possa fazer a tentativa de tomada da posse de bola através do ruck. O ruck é a forma mais comum de se tentar roubar a posse de bola. Quando um jogador é "tackleado", ele tem de soltar a bola imediatamente.

Então, se a bola está livre o adversário vai querer tomar a posse da mesma. Nenhum dos jogadores do time adversário pode tentar pegar a bola com as mãos uma vez que o ruck está formado, exceto os jogadores do time atacante podem usar as mãos para retirar a bola do ruck, mas somente se estiverem sobre seus pés, isso é sem nenhuma parte do corpo a não ser os pés apoiada no chão, ou em algum jogador que estiver no chão.

O maul acontece quando três jogadores, sendo um que tem a posse da bola e mais dois, um de cada time, estão em contato. O que difere o ruck do maul é que a bola não se encontra no chão, e sim na mão do jogador. A linha de impedimento também é formada no último pé, do último homem da formação e os jogadores só podem entrar no maul por trás desse último jogador, sendo a entrada pelo lado penalizada. Os jogadores devem manter os ombros e cabeça acima da linha da cintura, e o time que não tem a posse da bola pode derrubar o maul intencionalmente.

Pass forward é marcado quando a bola é passada com as mãos para frente. Nesse caso, é formado, no local da penalidade um scrum. Lembrando que só é permitido passar a bola para trás ou para o lado.

O scrum ou "formação ordenada" é uma situação frequente no rugby. Geralmente, é usado após uma jogada irregular ou em alguma penalização. Os 8 avançados das duas equipes formam uns contra os outros da equipe que não cometeram a infração insere a bola no meio do "túnel" formado pelas duas primeiras linhas de cada equipe com a finalidade de que os jogadores da sua equipe consigam ganhar a bola. As novas regras dizem que qualquer jogador que não faça parte da formação ordenada (composta por avançados e formação) tem que se encontrar a 10 metros da mesma.

Se um jogador chutar a bola para fora do campo pela linha lateral o time adversário recebe um arremesso lateral ou line-out. 

Mark é um benefício dado ao time que recebe a bola chutada, sem tocar o solo, por um de seus jogadores em pé, na sua linha de 22 metros. Assim que o jogador pega a bola, ele poderá pedir o mark. O grito deve ser efetuado bem alto, para que o árbitro possa ouvi-lo onde este estiver.

A forma de pontuação máxima no rugby é o try. Para anotar um try, um jogador deve ultrapassar a linha de fundo do adversário (in-goal) e apoiar a bola contra o chão, sendo necessário o contato simultâneo entre o atleta, a bola e o chão. Um try vale 5 pontos e dá direito a uma conversão, que é um chute a gol, e vale 2 pontos totalizando, portando 7 pontos. A conversão seguida do try é chamada de try convertido. O local de chute a gol será o local onde a bola foi apoiada no chão durante o try.

Offside acontece se um jogador fica na frente da linha de uma formação, com isso seu time sofre uma penalidade. Knock on ou Avant, é quando o jogador deixa a bola cair para a frente sem intenção e ela bate no chão, e nesse caso é formado no local da penalidade um scrum.

HISTÓRIA 

Disputado em mais de 120 países, o Rugby é extremamente popular, sobretudo em países de colonização inglesa, tais como Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. Porém é muito popular em diferentes países dos 5 continentes como Argentina, Uruguai, Chile, EUA, Alemanha, Portugal, Espanha, Itália, França, Bélgica, Holanda, Rússia, Romênia, Japão, Coréia do Sul, China.

Com um grande potencial ainda para ser descoberto no Brasil, o Rugby movimenta milhões de fãs pelo mundo todo. A Copa do Mundo de Rugby, por exemplo, é o terceiro evento esportivo do planeta, com audiência de mais de 4 bilhões de pessoas. Patrocínios, público, estádios e espetáculo dignos de comparação aos Mundiais de Futebol e Olimpíadas – os dois primeiros eventos da lista. Rugby no Brasil Apesar de não ser tão conhecido do grande público brasileiro, o Rugby vem crescendo de forma bastante dinâmica em nosso País.

As Seleções Brasileiras de Rugby servem como um bom referencial do otimismo e evolução do esporte do país. Nos últimos 3 anos o Brasil projetou-se da 45ª para a 27ª posição no ranking da International Rugby Board (IRB) na categoria Masculina Adulta.

Já no Feminino, a Seleção Brasileira conquistou a 10ª posição no último Campeonato Mundial realizado em Dubai-EAU em 2009 – a melhor posição alcançada por uma equipe brasileira em Mundiais. Além disso, a seleção brasileira feminina é reconhecida como a melhor equipe da América Latina, a frente de países tradicionais no Rugby como Uruguai, Chile e Argentina.

Fonte:

Rio 2016 (rio2016.com)

Brasil 2016 (brasil2016.gov.br)

Comitê Olímpico Brasileiro (cob.org.br)

Confedereção brasileira da Rugby (brasilrugby.com.br)

Fotos Recentes

Vídeos Recentes


Receba novidades